Blog

Perspectiva para o Mercado 2021



O segmento metalomecânico brasileiro está em plena recuperação, e deve colher os frutos dos das estratégias tomadas visando manter a saúde financeira das empresas em feitos em 2020 para conter a crise econômica causada pelo novo Corona vírus.


Em 2021, quando o país esperava estar vivendo já um momento pós-pandemia, estamos vivendo o pior cenário da mesma, porém, em muitas indústrias já retomaram ou ampliaram o nível de produção e de faturamento de 2020, antes da chegada da Covid-19 ao Brasil, comprovando que as estratégias adotadas para conter a crise, surtiram efeito.


Ao olhar para o futuro, de acordo com o levantamento, grande parte dos industriais mostram otimismo. Porém, para manter essa expectativa positiva, é preciso continuar a assimilar as lições que o momento adverso está trazendo e continuar investindo em tecnologias e inovações.


Desde o início da pandemia, uma das dificuldades que a indústria tem enfrentado é a falta de matéria-prima. A falta de insumos que muitos segmentos enfrentam atualmente deve servir como lição para que a indústria, no geral, evite a concentração das cadeias produtivas.


Um planejamento estratégico é fundamental para conduzir as decisões em direção a um resultado que assegure o sucesso dos esforços investidos para a retomada do crescimento pós-crise. Porém, não basta apenas planejar ações, mas também acompanhá-las para controlar e ajustar sempre que for preciso, assegurando que as operações sejam executadas conforme o plano.


A Tutto Hidráulicos neste cenário não só soube ter uma reação imediata perante a iminente crise, como também no mesmo período teve um crescimento expressivo diante da situação adversa.

Isso foi possível, pois o planejamento estratégico da empresa aliada a ser uma grande fornecedora e parceira de empresas voltadas a agricultura ajudou a empresa manter o funcionamento diante dos cenários mais críticos presentes no atual momento.


Após o retorno ao “novo normal” da indústria a Tutto buscou se organizar, planejar, investir e gerenciar buscando novos mercados, clientes e fornecedores.


A falta de matéria prima se mostrou um obstáculo para a empresa, que buscou com ajuda dos parceiros e dos próprios clientes formas de reverter e reorganizar e renegociar entregas, tornando essa desvantagem em uma possibilidade de relacionamento com os parceiros de ambos os lados. Se aproveitando de oportunidades que o mercado oferecia e com uma estratégia bem definida de ponta-a-ponta, a empresa entrega com excelência e no prazo seus produtos.