Blog

O Cilindro hidráulico e as atitudes que motivam comportamentos

 

Hoje queremos te propor um teste:

 

Vamos testar sua desenvoltura e validar como realmente as atitudes motivam teus comportamentos no dia a dia do trabalho, família e relacionamento.

 

 

Quer apostar?

Então, vamos ao que interessa.

 

Ah!

 

Depois nos deixe um comentário de como foi.

 

Este é um exercício de ajuste de atitude.

 

Reserve alguns minutos e não se reprima, prepare-se para uma viagem imaginária pelos corredores do seu escritório! Não se preocupe, não estamos pedindo para você parecer bobo – vai parecer normal para os seus colegas de trabalho. Noventa e nove por cento desse exercício acontece dentro da sua cabeça. Mostre apenas o comportamento necessário para se lembrar do que está acontecendo.

Em uma manhã, imagine que você é um hipopótamo. Caminhe de forma lenta e propositalmente encare as pessoas como um hipopótamo – entre no espírito do hipopótamo. Entendeu? Agora, caminhe pelo escritório cumprimentando as pessoas conforme você passa por elas. Perceba como você se sente.

​Na manhã seguinte, imagine que você é um canguru, pulando de um lado para o outro todo energético e intenso. Coloque a atitude em prática e cumprimente mais algumas pessoas. Perceba como você se sente. Qual a diferença entre se sentir como um hipopótamo?

 

Finalmente, imagine-se como um puma, esguio, caminhando cuidadosamente, extremamente atento e confiante enquanto anda pelo escritório.

 

Você notou alguma diferença em como as pessoas reagiram à sua atitude?

 

Você irradiou algum tipo de energia diferente?

 

As pessoas pareciam mais ativas quando você era um canguru?

 

Elas falaram um pouco mais devagar quando você era um hipopótamo?

 

Elas pareciam um pouco mais nervosas ou até um pouco assustadas quando você foi um puma?

 

Seu corpo e sua mente são um único sistema – mude um deles e o outro irá fazer igual.

 

Coloque a língua para fora e as mãos ao lado da cabeça e faça aqueles chifres engraçados que as crianças fazem. Enquanto faz isso, tente se sentir triste. Você não consegue; o seu corpo não o deixará.

 

Pule para cima e para baixo em um trampolim no churrasco dos seus vizinhos e tente ser sério. Não é possível; o seu corpo não permitirá.

 

Isso é uma grande simplificação da conexão mente-corpo, mas você entendeu o ponto.

 

Esse exercício foi retirado do livro “Como convencer alguém em 90 segundos.”

Autor: Nicholas Boothman

 

Espero que tenha gostado.

 

Uma ótima semana da família Tutto.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Copyright @ 2018 - Todos direitos reservados - Tutto Hidráulicos

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon
  • Grey LinkedIn Icon