Blog

Você está preparado para a ISO 9001:2015?


Você sabia que o prazo de transição da ISO termina agora em setembro de 2018?. Isso mesmo, nesse ano, e com ela vem alguns pontos importantes de mudança.


Acreditamos em uma qualidade interdependente e viva, passando por pessoas, seus processos, produtos e serviços, então, qualidade é início – meio e fim.


Veja o que separamos para você:


Os Princípios chaves na gestão da Qualidade: Foco no cliente – Liderança – Engajamento das pessoas (envolvimento) – Abordagem de Processos (PDCA e mentalidade baseada no risco) – Melhoria – Tomada de decisão baseada em evidências – Gestão de relacionamento


O proposito é deixar mais específicos e ampliar a visão em todas as etapas do ciclo organizacional.


1 Escopo: deixa claro a necessidade a importância da utilização dos requisitos e a melhoria para garantir o melhor em todo o processo e das partes interessadas;


2 Referência normativa: Verificar e analisar todas as normas que são indispensáveis as aplicações;


3 Termos e definições: todos da ABNT NBR ISO 9000: 2015;


4 Contexto da organização: é preciso entender toda a organização e seu contexto, atender as necessidades e expectativas de partes interessadas, organizar seu escopo, determinar seus processos e documentar suas informações;


5 Liderança: a alta direção deve assegurar a política da qualidade para que o sistema de gestão siga seu fluxo de forma clara e objetiva, demonstrar o comprometimento e foco no cliente, além de um papel de responsabilidade bem desenvolvido com todos os envolvidos;


6 Planejamento: uma mentalidade para ações em riscos e oportunidades, tendo como objetivo alcançar os resultados com a organização, monitorando, medindo, comparando, atualizando, melhorando, levando clareza e conhecimento adquirido a todos;


7 Apoio: são os recursos e infraestrutura para um ambiente que crie e desenvolva melhores produtos e serviços, um maior engajamento e relacionamento entre todos os interessados, além de um aumento no conhecimento organizacional por parte de todos, para a geração de vantagem competitiva para a organização;


8 Operação: evidenciar de forma clara todas as atividades e operações do fluxo do processo, isso significa ficar atento para os requisitos, ter análise crítica, prevenir, controlar, verificar, validar os projetos, enfim, assegurar que tudo está dentro do plano de ação;


9 Avaliação de desempenho: Compreender o que deve ser monitorado e medido, fazer as pesquisas com todas as partes interessadas, desenvolver avaliações para uma melhoria permanente e sempre auditar as etapas para uma eficiência entre todos;


10 Melhoria: Como esse é um ciclo que nunca se fecha, a melhoria, como nós seres humanos, está sempre em constante evolução. Portanto, melhorar produtos, serviços, ampliar conhecimento, expandir o envolvimento é um processo que sempre será contínuo, nesse sentido, estar sempre criando ações preventivas e corretivas, reduzindo riscos, projetando oportunidades sempre fará parte do processo do sistema de gestão da qualidade, não importando onde você esteja, sempre será preciso;


Esperamos que esse texto tenha ajudado você em algum momento e, se você quiser saber mais é só acessar o link https://www.iso.org


Forte abraço e ótimos negócios.